• Vadis da Silva

Presença web do comércio eletrônico do turismo do Brasil em Janeiro de 2021

Atualizado: Jun 7

Confira os 15 players do e-commerce do turismo brasileiro com mais páginas indexadas pelos buscadores da web - Google e Bing, no mês de Janeiro.

Todos, pessoas físicas e jurídicas, estamos sendo impelidos a adentrar no mundo virtual, independentemente do conhecimento prévio de cada um, desse universo. A chegada da pandemia trouxe ainda um elemento novo e desafiador - fazer essa entrada com a maior brevidade possível e o menor custo. Uma equação pouco observada até março de 2020.


Num momento de cofres vazios no setor público e de apertos e restrições que estão estrangulando as empresas - pelo menos 3 KPI (Key Performance Indicators) Indicador-Chave de Desempenho - rastreabilidade, indexação e ranqueabilidade - devem nortear a execução e desempenho de qualquer empreendimento digital - quer seja comercial ou institucional.


É a observância desses KPI e de muitos outros, que darão viabilidade, consistência e robustez aos empreendimentos digitais longevos - atuais e novos - e, os diferenciarão de aventureiros na web, baseados 100% na compra de tráfego para a sua existência.


O ranking detalhado no quadro a seguir leva em conta exclusivamente o KPI da indexação de páginas junto aos dois maiores buscadores da web - Google e Bing de 15 e-commerces do turismo, do mercado brasileiro.

Os resultados evidenciam, de pronto, pelo menos dois aspectos que merecem destaque: O primeiro, o fato de que, juntos, os 15 players do varejo na web contribuem para a promoção e comercialização do turismo brasileiro com mais de 22,6 milhões de páginas no Google e, com 17,5 milhões de páginas no Bing. Uma inestimável contribuição para o fortalecimento do setor, a custo zero para os destinos.

O segundo, foi o crescimento exponencial demonstrado pelo e-Marketplace Cooperativado do Turismo Receptivo Brasileiro (Gestour) que saiu da 8ª posição no ranking de 30/12/2020 - e, num único mês, ultrapassa os gigantes dos setor - Airbnb, Decolar, Hurb, Trivago e Kayak -, no Google; e, Trivago e CVC, no Bing - desempenho que o coloca na 3ª e na 7ª posição, respectivamente, nas ferramentas de buscas - hoje indispensáveis para o sucesso de qualquer empreendimento comercial na web. Notas explicativas:

1 - Os resultados aqui apresentados são de acesso público e gratuito, fornecidos pelo Google e pela Microsoft Bing. A Gestour Brasil apenas fez a pesquisa e estruturou o ranking da forma aqui apresentada;

2 - Foram selecionadas as 15 lojas virtuais do turismo, independentemente do modelo de negócios de cada uma, com atuação no Brasil e com o maior desempenho de resultados junto as duas ferramentas;

3 - A OTA europeia Booking, importante player do e-commerce do turismo do mercado brasileiro foi retirada do ranking por não possuir domínio do Brasil (.com.br). Com a abertura da vaga a Agaxtur Viagens passou a compor o ranking;

4 - A Airbnb, mesmo não sendo regulamentada pela legislação brasileira do turismo foi acrescentada neste ranking, por dois fatores: (1) por estar sendo ela acreditada por alguns empreendedores do setor de meios de hospedagem e, (2) por ter um considerável desempenho nos seus resultados (páginas sobre o mercado brasileiro) junto aos buscadores;

4 - As OTAs - Decolar e Hurb, apesar de contar apenas com o domínio (.com), integram o presente ranking pois é público e notório que suas páginas são majoritariamente do mercado brasileiro. PARTICIPE DA LIVE: Quer saber todos os detalhes do ranking e também como sua empresa pode estar no top junto com a Gestour? Então você precisa participar da live que será realizada no dia 03 de fevereiro (quarta-feira) as 16h30 minutos. Transmissão: www.youtube.com/GestourBrasil


SERVIÇO:

www.turismomeunegocio.com.br/destinos - saiba como o seu destino pode explorar, em seu favor, a infraestrutura tecnológica disponibilizada.

www.gestour.com.br/Brasil/Destinos - Conheça as lojas virtuais dos e-Marketplaces de todos os destinos brasileiros.

www.gestour.com.br - Loja virtual do e-Marketplace Cooperativado do Turismo Receptivo Brasileiro


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo