• Vadis da Silva

Presença do turismo brasileiro na web: ranking de março/2021.

Atualizado: Jun 7

O e-Marketplace do Turismo Brasileiro ultrapassa as gigantes americanas Expedia e Airbnb e passa a ocupar a 2ª colocação dentre os 15 e-commerces com atuação no mercado do turismo brasileiro, com mais páginas indexadas pelo Google.

A Gestour Brasil divulga o ranking do mês de Março/2021, dos 15 e-commerces com atuação no mercado do turismo nacional com maior número de páginas indexadas pelos buscadores da web - Google e Bing. Este é 4º mês consecutivo em que os números são divulgados.


Confira no quadro a seguir, as respectivas posições e números:

Com um crescimento de 9,16% no Google e 36,83% no Bing, o e-Marketplace do Turismo Brasileiro alcançou a 2ª e a 5ª posição, respectivamente, nos dois buscadores da web, no mês de março de 2021.


O crescimento acumulado registrado pelo e-Marketplace do Turismo Brasileiro nos 3 últimos meses - dezembro/20 a março/21 é exponencial, alcançando os significativos percentuais de 787,79% no Google, 528,88% no Bing e, total de 680,91%.


Os números obtidos demonstram de forma inconteste a importância do "jogo" coletivo - que a colaboração e união do setor podem concretizar resultados, a muito tempo desejados e nunca alcançados, no mundo digital, pelas empresas do setor.

No mesmo período, os números totais do turismo brasileiro na web tem uma queda de 26,59% de páginas indexadas nos buscadores.


Ter um número maior de páginas do turismo indexadas pelos buscadores na web, especialmente junto aos dois maiores, aqui referenciados, é fundamental para a competitividade das empresas, dos destinos e da economia do turismo brasileiro.


A ausência do turismo brasileiro nos buscadores é tão prejudicial quanto a falta de oxigênio representa para um paciente, em recuperação, num leito de UTI.

Em tempos de exceção, como os vividos neste momento ou em períodos normais desses novos tempos, em que o mercado do turismo se vê compelido a fazer mais com menos, contar com uma robusta presença web é fundamental para a sobrevivência das empresas do setor tanto no presente, quanto no futuro.


Notas explicativas:

1 - Os resultados aqui apresentados são de acesso público e gratuito, fornecidos pelo Google e pela Microsoft Bing. A Gestour Brasil apenas fez a pesquisa e estruturou o ranking da forma aqui apresentada;

2 - Foram selecionadas as 15 lojas virtuais do turismo, independentemente do modelo de negócios de cada uma, com atuação no Brasil e com o maior desempenho de resultados junto as duas ferramentas;

3 - A OTA europeia Booking, importante player do e-commerce do turismo do mercado brasileiro foi retirada do ranking por não possuir domínio do Brasil (.com.br). Com a abertura da vaga a Agaxtur Viagens passou a compor o ranking;

4 - A Airbnb, mesmo não sendo regulamentada pela legislação brasileira do turismo foi acrescentada neste ranking, por dois fatores: (1) por estar sendo ela acreditada por alguns empreendedores do setor de meios de hospedagem e, (2) por ter um considerável desempenho nos seus resultados (páginas sobre o mercado brasileiro) junto aos buscadores;

4 - As OTAs - Decolar e Hurb, apesar de contar apenas com o domínio (.com), integram o presente ranking pois é público e notório que suas páginas são majoritariamente do mercado brasileiro.

LIVE GRAVADA: Quer saber todos os detalhes do ranking, assista a gravação na integrada da live que tratou deste tema, realizada no dia 07 de Abril (quarta-feira), as 16h30 minutos.


SERVIÇO:

www.turismomeunegocio.com.br/destinos - saiba como o seu destino pode explorar, em seu favor, a infraestrutura tecnológica disponibilizada.

www.gestour.com.br/Brasil/Destinos - Conheça as lojas virtuais dos e-Marketplaces de todos os destinos brasileiros.

www.gestour.com.br - Loja virtual do e-Marketplace Cooperativado do Turismo Brasileiro www.youtube.com/GestourBrasil - Canal de Vídeos



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo